Como fazer a análise de dados? Confira o passo a passo

4 minutos para ler

Você sabe qual é a importância e como fazer a análise de dados em seu negócio? Esse processo é a transformação de números em informações, significados e soluções de problemas para as empresas. O seu principal objetivo é possibilitar que as organizações tomem melhores decisões, sendo muito importante em diversas áreas, como ciências sociais, saúde e negócios.

A tecnologia oferece um grande suporte para a realização dessa análise, possibilitando a interpretação de grande volume de dados, incluindo operações como a identificação de divergências ou de padrões. Pensando nisso, elaboramos um passo a passo para você entender melhor como realizar esse processo em seu negócio para começar a melhorar os seus resultados. Acompanhe!

Defina os seus objetivos

Antes de entender como fazer análise de dados, é preciso lembrar que ela deve ter um propósito em sua empresa. Portanto, os seus objetivos devem estar definidos antes de qualquer coisa. Isso significa que toda análise conta com uma pergunta que deve ser respondida.

Assim, as questões que forem levantadas precisam ser mensuráveis, claras e relevantes para a empresa. Por isso, elabore-as de forma que elas realmente sejam valiosas para o negócio, auxiliando na tomada de decisões, na exploração de novas oportunidades ou durante a resolução de problemas.

Escolha as métricas

A análise de dados como forma de orientar as decisões em uma empresa precisam contar com uma forma mensurável para possibilitar o entendimento sobre o progresso do negócio em relação aos seus objetivos. Por isso, as métricas ou indicadores de desempenho devem ser apontados logo no início do processo.

Os dados podem ser quantitativos ou qualitativos. No primeiro, o resultado é disponibilizado por meio de números bastante objetivos. Já no segundo, eles podem envolver opiniões, comentários, avaliações etc.

Decida as fontes de dados

Com os objetivos definidos e as métricas identificadas, é preciso decidir qual será a sua fonte de dados para a análise. Algumas informações podem ser coletadas por meio de fontes já disponíveis, possibilitando maior agilidade ao longo do processo. Porém, existem outras fontes que possibilitam encontrar correlações, construir modelos melhores de negócio e ter insights valiosos para a empresa.

Além disso, é preciso determinar um sistema de armazenamento e nomeação dos arquivos. Essa ação é indispensável para ajudar todos os envolvidos no processo a colaborar. Assim, a organização consegue economizar tempo, impedindo que os membros da equipe acabem coletando informações duplicadas.

Faça a análise dos dados

Após a coleta das informações corretas para responder aos objetivos da empresa, chegou o momento de realizar uma análise de dados mais profunda. Portanto, inicie esse processo manipulando os dados de várias maneiras, como por meio da criação de tabelas ou com a plotagem e localização de correlações.

Existem diversas ferramentas e softwares de análise de dados que são indispensáveis durante essa etapa. Com esse auxílio, é possível lidar com grandes volumes de registro, evitando problemas de integridade e garantindo resultados mais robustos e confiáveis.

Agora que você entendeu como fazer a análise de dados, é preciso interpresar os seus resultados. Por isso, procure saber se essas informações coletadas respondem aos seus objetivos e se elas ajudam o seu negócio a se defender de qualquer objeção. Caso a sua interpretação se sustente sob essas questões, é provável que você chegou a uma conclusão produtiva para a empresa.

Gostou de aprender sobre como fazer a análise de dados? Então, aproveite para ver 3 formas de fazer a sua migração de dados na empresa!

Você também pode gostar

Deixe um comentário