Qual a importância do Data Science para a sua empresa? Descubra!

4 minutos para ler

A transformação digital oferece novas terminologias a cada dia. Graças à explosão na produção de dados corporativos e externos, um termo que tem ganhado destaque é o Data Science — ou Ciência de Dados, em português. Esse conceito pode ser aplicado a empresas de todos os portes e segmentos, nos setores de educação, varejo, telecomunicação, esportes de alto rendimento, logística e saúde, entre outros.

A gestão orientada por dados já é uma realidade, e os gestores que estiverem dispostos a extrair o máximo dessas informações poderão utilizar os insights para o crescimento do negócio, aumentando o potencial de mercado, buscando a inovação, e investindo em novas técnicas e ferramentas.

Quer saber o que é o Data Science e como esse conceito pode ajudar o seu negócio? Continue lendo este post!

O que é Data Science?

Por ser um conceito que ganhou o mundo corporativo recentemente, nem todos sabem qual é a definição exata do termo Data Science. A tradução literal, Ciência de Dados, ajuda a entender um pouco melhor: ele envolve uma série de disciplinas, nas quais se destacam a estatística, tecnologia e negócios.

O Data Science parte do grande volume de dados do Big Data e das informações relevantes que podem ser coletadas a partir dele. Para que isso seja possível, há o envolvimento de uma série de processos, métodos científicos e técnicas que permitem a obtenção desses insights.

Um dos grandes objetivos do Data Science é permitir aos gestores a identificação de oportunidades e caminhos alternativos, com a análise de diferentes informações. É uma ciência que pode ser utilizada em qualquer departamento que tenha uma alta produção de dados, que precise fazer avaliações para entender as movimentações do passado e projetar as tendências futuras.

Como essa ferramenta é utilizada dentro da empresa?

Para que o Data Science seja aplicado dentro das empresas, é preciso contar com a integração de uma equipe multidisciplinar, que envolva tanto a área técnica quanto os profissionais de negócios.

Na área mais tecnológica, os cientistas de dados se relacionarão com os representantes de determinados setores, como a administração de banco de dados, business intelligence, inteligência de mercado e tecnologia da informação.

Já entre os profissionais de negócios, os cientistas de dados terão que se relacionar com aqueles que tenham o domínio de problemas específicos e que estejam buscando a solução por meio da análise criteriosa dos dados. São profissionais que vivem o negócio diariamente e entendem as regras do jogo.

Por exemplo, se o objetivo é reduzir a taxa de churn de clientes em uma empresa de TV por assinatura, deverão ser consultados os profissionais responsáveis pela grade de canais, marketing, vendas, financeiro e quem mais for relevante para entender a jornada do cliente e os seus motivos para desistir do serviço.

Dessa forma, será possível entender o caminho a ser tomado e buscar os insights para que as mudanças de rumo sejam feitas e as desistências diminuam.

Por que é importante uma mudança cultural para a aplicação do Data Science?

O desenvolvimento de projetos de ciência de dados vai muito além do conhecimento de linguagens de programação ou da formulação de algoritmos complexos, aliados ao machine learning e à inteligência artificial.

Para que os projetos envolvendo o Data Science sejam efetivamente implementados e agreguem valor real para as empresas, é necessário que haja uma metodologia. Para isso, deve ocorrer uma mudança de cultura e atitude interna, para que todos estejam alinhados com o modelo de gestão baseada em dados.

Somente assim, as ferramentas de dados — dotadas de inteligência artificial com foco em Business Inteligência — poderão ser utilizadas em seu pleno potencial.

Esperamos que, após a leitura deste post, você tenha entendido a importância do Data Science para as empresas. A transformação digital já está em curso, e quem não estiver antenado nas movimentações tecnológicas corre o risco de ver o seu negócio se tornar obsoleto.

Gostou do texto? Então, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de todas as nossas novidades. Estamos no Facebook e no LinkedIn!

Você também pode gostar

Deixe um comentário